Por que deixar que as preocupações, ansiedades e temores do amanhã, tirem a paz do nosso coração agora? Jesus estava com os seus discípulos no ministério diário de oração, cura, libertação, ministração e adoração. Num determinado momento, Ele chama os seus discípulos para atravessarem o mar da Galileia, indo até a terra dos gadarenos. Imediatamente, entraram no barco. No meio do mar, foram surpreendidos por uma grande tempestade. Elas são inevitáveis, inesperadas, administráveis, porém, canalizáveis. Os discípulos tentaram, em vão, superar a força do vento e a fúria do mar. O barco estava se enchendo de água e os discípulos tomados de medo. Nesse momento eles clamaram a Jesus: “Mestre, não te importa que pereçamos?” Jesus, então, repreendeu o vento e o mar e disse para os discípulos: “Por que sois assim tímidos, por que não tendes fé?” Nada de ansiedade, mas fé no coração! E por que?

1.  PORQUE JESUS DISSE “Passemos para a outra margem” (Mc 4.35). Desde o princípio, Deus criou tudo pelo poder da Palavra. Jesus usou o mesmo expediente. A palavra soprada por Ele é vida, poder, promessa, segurança, virtude e tudo que precisamos para crer. O fato de Jesus dar uma ordem, não nos assegura ausência de problemas, mas nos garante presença. O destino dos discípulos não era o fundo do mar, mas a outra margem. Eles não iam perecer, conforme a palavra de Jesus. Nenhuma de suas promessas cai por terra. Todas tem o sim e o amém. Temer jamais, confiar sempre.

2. PORQUE JESUS ESTAVA COM ELES (Mc 4.36) – Onde Jesus está o mal tem que sair, a glória tem que descer e a manifestação de milagres é uma realidade permanente. Nenhum barco onde Jesus está será naufragado. Quem está em Cristo, está absolutamente seguro, ainda que no meio das tormentas da vida. O temor dos discípulos era em vão. Não havia a mínima possibilidade de afundarem, porque Jesus estava com eles.  Nós também temos absoluta certeza da presença dEle, quando disse: “Eis que estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos” (Mt 28.20). Em nossa caminhada, somos surpreendidos por ataques terríveis, como vírus, epidemias, pandemias, doenças, perseguição, incompreensões, lutas, fogueira, cova dos leões, abandono, solidão, porém, o apóstolo Paulo nos dá um consolo infalível: “O Senhor me livrará de todo o mal, e me levará a salvo para o seu reino celestial” II Timóteo 4:18.

3. PORQUE JESUS É O PRÍNCIPE DA PAZ (Mc 4.38) – Paulo disse: “Cristo vive em mim”. Quem desfruta desta irrefutável presença, tem também a paz que excede a todo entendimento, para guardar corações e mentes em Cristo. Jesus dormia no barco, mas estava lá no meio deles para livrá-los, não da tormenta, mas na tormenta. Jesus veio porque Ele é o príncipe da paz que está sempre conosco.

 4. PORQUE ELE É TODO-PODEROSO (Mc 4.39) – Jesus repreendeu o vento e o mar, e fez-se grande bonança. O evangelista Marcos nos mostra que Jesus tem todo o poder sobre as leis da natureza (Mc 4.39), sobre os demônios (Mc 5.1-20), sobre a enfermidade (Mc 5.25-34) e sobre a morte (Mc 5.35-43). Mateus nos diz que Jesus tem todo o poder e toda a autoridade no céu e na terra (Mt 28.19). Nada de ansiedade, porque a vitória que vence o mundo é a nossa fé. Se olharmos para as circunstâncias, inexoravelmente seremos dominados por elas. Porém olhando para Jesus, triunfaremos em todas as tempestades.  

 Pr. Ceny             22-03-2020

Deixar um comentário