Nas duas celebrações de hoje, às 5:30pm e 7:30pm, sob a batuta graciosa e poderosa do nosso Deus, estamos reunidos, no templo do Senhor com a finalidade de glorificar a Deus, adorá-Lo em Espírito e em verdade, ministrar a sua santa Palavra, interceder por missões e ofertar para que esta obra continue sendo feita com amor e dedicação. O tempo de missões é agora! Deus nos deu o privilégio de sermos salvos pela sua graça, através da fé que Ele gerou em nós. Ele nos dá o privilégio de sermos missionários através da nossa vida, ministério, intercessão e contribuição financeira.

Deus enviou seu filho JESUS, para ser o Cordeiro perfeito que tira o pecado do mundo. Jesus abriu mão da sua glória excelsa, se humilhou, se fez carne, habitou entre nós cheio de graça e de verdade. Cumpriu cabalmente o ministério que recebeu do Pai. Veio como nosso representante e substituto. Foi crucificado, morto, sepultado, e ao terceiro dia ressuscitou, foi visto por muitas testemunhas, subiu ao céu, onde está sentado à direita de Deus. Jesus concluiu sua obra redentora. Ele nos confiou o ministério da reconciliação.

Nossa missão é ir ao mundo todo, o tempo todo, até aos confins da terra semeando as Boas Novas do Evangelho de Cristo. Nós precisamos nos entregar de corpo e alma, pois esta é a tarefa mais sublime, e nós precisamos fazer os investimentos mais valiosos na missão de anunciar que somente Jesus Cristo é o Senhor e Salvador de todo aquele
que nEle crê. Vamos irmãos, levar ao mundo inteiro esta mensagem! Temos a missão de completar a obra de Cristo de três maneiras:

ORANDO

“Rogai ao Senhor da seara que mande trabalhadores.” Temos que orar e nos dispor a sair da nossa zona de conforto, colocar os pés na estrada, levar a semente do Evangelho e ter a certeza que a colheita está garantida. “Quem sai andando e chorando enquanto semeia, voltará com júbilo trazendo os seus feixes”.

OFERTANDO

A Bíblia diz que aquele que ganha almas é sábio (Pv 11.30). Contribuir para a obra missionária é fazer um investimento com apólice de seguro para a eternidade. A contribuição cristã não é um peso, mas um privilégio; não é um fardo, mas uma graça. Dediquemos parte do que o próprio Deus nos tem dado para conquistar outras vidas.

INDO

O Senhor pergunta: “A quem enviarei?” Isaías respondeu: “Eis-me aqui”. Prontidão para obedecer e sair imediatamente de nós mesmos, dos nossos afazeres, dos nossos apegos materiais, familiares, emocionais e nos lançarmos na caminhada em busca das ovelhas perdidas da casa de Israel. Temos que orar, ofertar e ir ao encontro dos que ainda estão sem Cristo, para levar-lhes o maior e mais extraordinário presente que é Jesus. Missões se faz com joelhos dobrados, mãos abertas para ofertar e com os pés formosos para caminhar e conquistar. Cada crente, um missionário! Cada casa, uma igreja! Cada igreja uma agência missionária! A tocha missionária está em nossas mãos. Se ela não for passada, queima quem está com ela. Devemos empregar o melhor dos nossos recursos, o melhor do nosso
tempo e da nossa vida para que povos conheçam a Cristo e se alegrem em sua salvação.

Missões é a nossa missão!

Pr. Ceny Tavares

Deixar um comentário