A pandemia virou o mundo de cabeça para baixo. As nações foram atingidas violentamente. Os governantes ficaram atônitos. As empresas foram atacadas cruelmente, muitas sendo fechadas permanentemente.
As pessoas tiveram que mudar suas rotinas. Viagens canceladas. Templos fechados. Muitos perderam a vida, outros ficaram isolados e ainda muitos gravemente doentes. Uma situação que vai se alastrando e se arrastando
sem previsão de solução. Porém, o estilo de vida dos servos do Senhor precisa ser mantido am alta. O foco do cristão está em Cristo e nunca na crise. O cristão tem que viver transbordando do poder do Espírito Santo.
Tem que manter a fé viva. Tem que seguir fazendo a obra do Senhor “quer seja oportuno, quer não”. Nossa trajetória está marcada e alinhada com a vontade de Deus que nos garante vitória em toda e qualquer situação. Vejamos alguns conselhos que nos ajudam a continuar desfrutando do melhor de Deus.

ALEGRIA

“Alegrai-vos sempre…” Filipenses 4:4. Não é somente quando tudo vai bem.
Alegria é fruto do Espírito, Gal. 5:22. Quem é possuido pelo Espírito Santo, mesmo que a tempestade seja violentamente forte, não sucumbe. Jesus é poderoso para fazer infinitamente mais.

OUSADIA

“Deus não nos deu um espirito de covardia…” – II Timóteo 1:7 – mas de
ousadia. O espírito de covardia é um dos agentes mais paralizadores que pode haver no coração da gente. Os sinais do evangelho são manifestos através do poder de Deus. Temos que nos envolver em tudo que é de
Deus para vencermos em todo o tempo. “O Senhor é contigo, homem valente”. Precisamos ser vigilantes e ousados. Vence-se o espírito de covardia com a ousadia em Deus. Jesus viveu contra a covardia. Ele viveu no centro da vontade do Pai. Deus enche de coragem os que são dele para a realização da Sua vontade perfeita, boa e agradável.

EMPATIA

Num mundo em crise, marcado pelas doenças morais, emocionais, físicas,
sociais e espirituais, Jesus nos chama para sermos suas mãos para abençoar, seus pés para ir anunciar, e joelhos para orar, ofertar generosamente e ajudar a quantos precisarem. Ser empático, é ser cópia de Jesus, é ser ninho que aquece, restaura, cura e pensa as feridas com o bálsamo de Gileade.

SIMPATIA

Os crentes do primeiro século eram vistos pelos de fora como aqueles
que “se amam”. A comunhão deles era tão intensamente fortalecida pelo Espirito Santo que impactavam positivamente o mundo de maneira inexplicável. Lembre-se! Pandemia nunca pode trazer apostasia, mas
alegria, ousadia, empatia e simpatia!

EM TEMPO DE PANDEMIA, ISOLAMENTO SIM, SOZINHOS NUNCA!

Pr. Ceny Tavares

Deixar um comentário