Ocerco está apertando. Os testados positivamente tem aumentado assustadoramente. Muitos estão alarmados. Outros estão aproveitando o momento para ser ponte de passagem, ajudando das mais diferentes maneiras aqueles que estão mais fragilizados por este ataque feroz. Os governantes não sabem o que fazer. A ciência está trabalhando duro para descobrir a vacina para combater o vírus. Governantes e governados, empresários e empregados, profissionais liberais e trabalhadores informais, estudantes e aposentados estão sofrendo os esbarros dessa crise global. O que fazer neste momento tão adverso e perplexo?

1. CUIDAR-SE!

Deus nos ensina por sua palavra que precisamos tomar todos os cuidados, nos prevenindo em se tratando de doenças contagiosas. O livro de Levítico tem os ensinamentos detalhados. Temos que buscar conhecer a vontade de Deus e torná-la conhecida de todos. Temos que nos cuidar e cuidar do próximo. Fé é o firme fundamento da nossa absoluta confiança nas intervenções sobrenaturais. Não se trata de imunização, mas de orientação.

Precisamos atender aos apelos das autoridades médicas, tomando os devidos cuidados. Trata-se de uma pandemia e não se pode subestimar o alto grau de contágio e suas graves consequências para a saúde pública.

Neste momento precisamos de muito equilíbrio para sabermos nos conduzir em meio a tudo que está acontecendo. Vivemos o drama do esgotamento de recursos financeiros para o sustento das famílias.

Precisamos do pão de cada dia e de todas as demais coisas que são indispensáveis diariamente.

  1. CRER!

Tudo está em absoluto controle do nosso General de guerra, o nosso Deus que vence todas as batalhas. Ele nunca perde! Perdedor é o encardido. Deus é o eterno vencedor e está trabalhando em nosso favor. A humanidade foi surpreendida, Deus jamais! A perplexidade toma conta dos corações, as incertezas são grandiosas, mas a graça de Deus é poderosa. Ele está sentado no trono de comando e tem o controle seguro das rédeas da história. Deus sabe tudo, governa tudo, é soberano, todo poderoso e maravilhoso. A vulnerabilidade e impotência do homem são vistas claramente nestes tempos de adversidade. Somente da parte do Senhor vem o socorro bem presente em tempos de tribulação. Crer e esperar em Deus é a atitude correta para superar e vencer sob a batuta do nosso único Senhor e Salvador. Sabemos, com inabalável convicção, que o mesmo Jesus que morreu e ressuscitou está com o livro da história em suas mãos. O triunfo está garantido! A consumação final de tudo já está decretada! Aleluia!

  1. SER!

Em tempos de crise, somos filhos de Deus da mesma forma que o somos em tempos de bonança. Somos filhos e herdeiros com Cristo de todas as coisas. Temos que viver como tais! Temos que ser testemunhas vivas do poder Divino. Temos que anunciar pela vida e pela palavra que somos mais que vencedores em Cristo Jesus, nosso Senhor e Salvador. Somos a noiva
de Cristo, pela qual o noivo deu a sua vida, derramou o seu sangue para nos fazer “SER” tão somente dEle. Em tempos de crise, epidemias, guerras, catástrofes, furacão, tempestades, ventos contrários, recessão econômica, continuamos firmes caminhando debaixo da potente mão do Senhor, experimentando o melhor do céu nesta terra. Nada de abatimento, mas sim avivamento, crescimento, sustento e todo suprimento do Eterno. Sejamos servos de Jesus, em todo o tempo, sendo baluartes e coluna da verdade,
orando, nos humilhando, buscando a face do Senhor até que Ele venha, sare a nossa terra e nos dê tempos de refrigério. Minha oração, confiança e esperança é que quando a pandemia passar, sairemos dela mais quebrantados, mais humanos, mais solidários, mais generosos e mais perto de Deus e uns dos outros.

Pr. Ceny Tavares

Deixar um comentário