Site name

Happy Father’s Day

Hoje é Dia Dos Pais! Queremos parabenizar todos os pais da igreja e reconhecer o grande valor da sua vida e a importância do seu ministério no contexto da família, igreja e sociedade. A paternidade bem sucedida é um dos maiores sinais de vitória na vida de um homem. As pessoas mais felizes não são as mais famosas, mas aquelas que buscam a Deus em primeiro lugar e constroem uma família piedosa. Pais e filhos vivendo em conflito gera a maldição – essa é a mensagem final do Antigo Testamento. Somente a conversão do coração dos pais aos filhos, e dos filhos aos pais, pode afastar a maldição da terra. A Paternidade Responsável é o mais sublime papel que um homem pode exercer. Os pais precisam se dobrar diante do altar para que os filhos sejam benditos do Senhor na terra dos viventes.

Alguns atributos de um pai:

1. O pai gera os filhos 

Paulo não era pai biológico dos crentes de Corinto, mas ele os havia gerado em Cristo. Era o pai espiritual deles. O pai não gesta o filho, mas o gera. Pai é aquele que transmite vida, e ama mais os filhos do que a si mesmo. Ele dá sua vida pelos filhos. O pai carrega os filhos no coração, nos braços, no bolso, na mente, na alma. O pai é como o guerreiro que carrega a sua aljava, diz o salmista. Pai é aquele que carrega as flechas, lança-as para longe e para o alvo certo.

2. O Pai é o exemplo dos filhos

É modelo e exemplo para os filhos. Um pai caminhava na praia. De repente, olhou para trás e viu que seu filhinho o seguia, tentando colocar os pés exatamente nas suas pisadas. O pai precisa ter a consciência de que está sendo imitado o tempo todo. O pai educa pela palavra e pelo exemplo. Os filhos são filhos dos acertos do pai. Ao fazer uma visita, outro dia, uma criança me disse “Quando eu crescer, quero ser trabalhador igual ao meu pai”. Que os filhos queiram ser servos de Jesus como o pai. Nada maisimportante para um filho que ver o seu pai como um homem segundo o coração de Deus. Neste dia dos pais somos convocados a refletir sobre esta realidade!

3. O pai é o discipulador dos filhos

O melhor discipulador do filho é o próprio pai. A melhor maneira de discipular, é ser um discípulo. Jesus chamou os discípulos e os enviou para fazerem outros discípulos. Os filhos são discipulados através da paixão que o pai demonstra por Jesus, por sua Palavra, pela vida de oração, comunhão, atitudes de bondade e generosidade.

4. O pai dá carinho aos filhos

O afeto é um ato da maior importância na vida dos filhos. Eles precisam aprender de primeira mão a importância de ser carinhoso, amável, afável, doce, e manifestar isso com expressão sincera e constante. O pai precisa elogiar os filhos, fazer diferença na vida deles, olhar com simpatia os seus erros cuidando de ajudá-los com terna compaixão. Alguns pais são brutos demais. Outros expõem os filhos em público. Filhos precisam ser formados em um lar onde sintam o amor e carinho dos pais.

5. O pai está perto dos filhos

Pai é alguém que se alegra em estar perto dos filhos, que prioriza os filhos, que tem tempo para os filhos, que ajuda os filhos em suas tarefas, brinca com eles, dá risadas, chora com eles, caminha com eles e os fortalece em tudo. “Herança do Senhor são os filhos”.

Jó foi um exemplo de pai. Dedicou o melhor da sua vida para Deus e para os seus filhos:

1) Ele investia no relacionamento dos Filhos;
2) Ele orava diariamente pelos filhos;
3) Ele exortava constantemente seus filhos;
4) Ele ensinava seus filhos que a coisa mais importante na vida é glorificar a Deus.

Pr. Ceny Tavares