Site name

Obreiro segundo o coração de Deus

 

1. SER RESPEITÁVEL (1Tm 3.8a).

“... é necessário que sejam respeitáveis…” Precisa ser digno de respeito, de caráter impoluto, de vida irrepreensível, de conduta ilibada. A sua vida é a base de sua liderança. Seu testemunho é o alicerce de seu trabalho.

2. TER UMA PALAVRA (1Tm 3.8b).

“… de uma só palavra…”. O diácono precisa ser verdadeiro, íntegro em suas palavras e consistente em sua vida. Não é um boateiro, dado a mexericos. Não diz uma coisa aqui e outra acolá. Não é maledicente nem joga uma pessoa contra a outra. Tem peso em suas palavras. É absolutamente confiável no que diz. Quem é do Senhor anda em conformidade com a Palavra de Deus.

3. SER CHEIO DO ESPÍRITO SANTO (1Tm 3.8c).

A ordem de Paulo é que o obreiro de Deus seja cheio do Espírito Santo (At 6.3), (Ef 5.18). Álcool e direção não combinam. O obreiro deve estar indicando direção para as ovelhas o tempo todo. Tem que ser exemplo de enchimento do Espírito Santo. Na casa de Deus, sobriedade é um ingrediente indispensável.

4. SER GENEROSO E NÃO GANANCIOSO (1Tm 3.8d).

“… não cobiçosos de sórdida ganância”. O obreiro precisa ser exemplo de generosidade. Precisa ser o primeiro a contribuir com a obra de Deus, com alegria e prazer. Administrar recursos financeiros dos outros, sem ser fiel na devolução dos dízimos e ofertas é um ato irresponsável e inaceitável. Não pode ser um Judas Iscariotes que rouba a bolsa. Não pode cobiçar o que deve repartir. Não pode desejar para si o que deve entregar para os outros. “É mister socorrer os necessitados e recordar as palavras de Jesus: “Mais bem-aventurado é dar do que receber” (Atos 20:35).

5. SER DEDICADO E ZELOSO (1Tm 3.13).

O obreiro precisa estar sempre pronto para servir com amor, zelo, dedicação, perseverança, unção e carinho. O serviço não é uma plataforma de privilégios, mas uma rica oportunidade de abençoar com toda sorte de bênçãos. No ministério, cada um é requerido a ser fiel. Aqueles que se esmeram no ministério de servir aos homens em nome de Deus, recebem de Deus a recompensa.

No dia 29, estaremos reunidos, com a graça de Deus, para eleger presbíteros e diáconos. Oremos para que todos os escolhidos, tenham a aprovação do Espírito Santo.

Pr. Ceny Tavares