Site name

Família, nasceu no coração de Deus

“Tributai ao Senhor, ó famílias dos povos, tributai ao Senhor glória e força”. (Salmo 96:7)

A família é projeto de Deus porque foi Ele próprio quem a instituiu. Isso significa que a origem da família não se deu através de um projeto humano, mas através do projeto divino. Então, qualquer ideologia que diga que a família é uma instituição ultrapassada e antiquada no nosso tempo é maligna. O propósito de Deus para a família não mudou! Por mais que as pessoas intensifiquem seus ardis diabólicos e ataques ferinos contra a família, ela sempre existirá. E quando tudo se acabar aqui na terra, a grande família de Deus continuará reunida nos tabernáculos eternos, porque Ele estabeleceu que seja assim. A família nasceu no coração de Deus, está no coração de Deus e continuará eternamente no coração dEle, porque Ele mesmo afirmou que ninguém pode arrancá-la do lugar onde Ele mesmo a plantou. Por mais que o mundo tente inverter os valores da família, o correto sempre será o que Deus formatou, estabeleceu, selou para ser o que Ele disse que é. As verdades bíblicas sobre a família são irrevogáveis, permanecem atualíssimas e válidas independentemente do comportamento nefasto e pecaminoso do homem, da sociedade e leis forjadas no campo do inimigo.

Deus decidiu fazer a família como Ele quis. Exatamente como estava no coração dEle. De forma assombrosamente maravilhosa estabeleceu livremente como tudo seria. Os membros da família são apenas os executores do grande projeto na formação da família. Temos que arregaçar as mangas e colocar as mãos na massa, cuidando deste tesouro que Deus nos confiou. Temos que ser bons despenseiros e mordomos de Cristo, realizando a sua obra, no poder do Espírito Santo a partir da nossa família para que a igreja de Deus seja forte e poderosa na terra. Todos nós passamos por momentos de provações, perdas, dificuldades, solidão... Mas o grande e infalível projetista nos diz: “tende bom ânimo, Eu venci o mundo” e diz mais “nunca te deixarei, jamais te abandonarei”. Coloquemos as nossas famílias, prioritariamente, no altar da oração, sigamos corretamente as orientações seguras no nosso comandante, assim teremos uma viagem segura, ainda que enfrentemos os ventos contrários e as tempestades dos mares revoltos da vida. Interceder sempre pela família é fechar as brechas para que o inimigo não infiltre e desestabilize a nossa família. A vontade de Deus é boa, perfeita e agradável! Oremos por nossa família e vigiemos para que também declaremos: “Eu e minha casa serviremos ao Senhor”. Nossa família está debaixo da graça de Deus!

Pr. Ceny Tavares