Site name

Retiro para renovar e avivar!

Com a graça de Deus, a família Vida Nova estará reunida, neste fim de semana, em retiro espiritual. Estaremos orando por avivamento e ministrando a palavra de Deus com o profundo desejo de experimentarmos um poderoso derramar do Espírito Santo. Creio que Deus abrirá as comportas do céu sobre nós, em respostas as nossas orações.

1. O AVIVAMENTO É UMA PROMESSA DIVINA (Is 44.3)

Deus não é homem para que minta. Ele prometeu derramar do seu Espírito sobre sua igreja. Essa promessa é segura, absolutamente certa e infalível, pois o Todo-poderoso fala e cumpre o que diz. Nenhuma força na terra pode deter o braço de Deus nem impedir a igreja de avançar. Essa promessa é, também, abundante. O texto fala de um derramamento e de torrentes. Deus tem para nós uma vida maiúscula e abundante. Ele não nos dá o seu Espírito por medida. Ao contrário, prometeu-nos torrentes!

2. O AVIVAMENTO É UMA NECESSIDADE DE TODOS (Is 44.3)

Somos como um carro com um tanque que precisa reabastecer sempre. O carro não anda com o tanque vazio. Nós também precisamos do combustível para vivermos vida plena, poderosa, pura e com entusiasmo. Temos que estar cheios do Espírito Santo para vivermos vitoriosamente. Precisamos de conhecimento e fogo no coração. Temos que ter fervor para servir ao Senhor. Não se edifica uma igreja boa com doutrina ruim. Necessitamos da Palavra viva do Senhor. Jesus nos deu autoridade para pisarmos serpentes, oramos pelos enfermos e manifestarmos o seu reino neste mundo. É tempo de buscarmos mais para recebermos mais do Senhor.

3. AVIVAMENTO É PARA OS SEDENTOS (Is 44.3)

Deus derrama água sobre o sedento e torrentes sobre a terra seca. “A minha alma tem sede de Deus, do Deus vivo” Salmo 42:2. Jesus se esvaziou e veio até nós. Temos que nos esvaziar de todo pecado para sermos cheios do Espírito Santo. Só seremos saciados com as chuvas benditas do céu, à medida que buscarmos água viva do trono do Senhor. Os avivamentos sempre foram precedidos por oração. Avivamento não é sede de bênçãos, mas sede de Deus. Hoje, as pessoas buscam prosperidade e saúde. Querem os milagres. Querem as bênçãos. Mas, a vida gira em torno delas mesmas. O centro de tudo é a vontade do homem. Somente Deus pode avivar e renovar os que estão sedentos por Ele.

4. O AVIVAMENTO FRUTIFICA ABUNDANTEMENTE (Is 44.4,5)

Uma igreja viva é como uma árvore plantada junto à corrente de águas e no devido tempo dá o seu fruto. “Eu vos escolhi e vos designei para que vades e deis frutos”. Uma igreja cheia do Espírito Santo cresce qualitativamente e quantitativamente. Cresce para o alto, para dentro e para fora. Ela cresce explosivamente também. Pecadores endurecidos são quebrantados. Muitos correm para a igreja, com pressa para acertar a vida com Deus. Igrejas anteriormente fracas, se tornam fortes no caráter, no testemunho genuíno e na vida de oração. Cada um diz ao seu próximo: “Eu sou do Senhor”. Uma igreja cheia do Espírito não cala a sua voz. Não se acovarda nem sonega ao mundo a mensagem do Evangelho. Uma igreja cheia do Espírito confirma com a vida aquilo que prega com os lábios. Não há abismo entre o que igreja prega e o que ela vive. Os crentes escrevem na própria mão: “Eu sou do Senhor”. Oh, que Deus derrame sobre nós as torrentes do seu Espírito! Que venham sobre nós as chuvas benditas do céu, trazendo-nos restauração e vida! Que neste retiro todos voltem com os tanques cheios do poder sobrenatural do Espírito Santo.

Pr. Ceny Tavares